Empreendedorismo

Vale a pena acreditar em empreendedorismo

Por

Innoscience

dia de de

Nos últimos anos tenho dedicado parte do meu tempo para contribuir com a disseminação da importância para as pessoas, empresas e o Brasil da inovação e o empreendedorismo. Além de escrever sobre o tema em portais de grande alcance como o StartSe e da Revista Exame, faço palestras e atividades de mentoria voluntárias em associações que fomentam essas causas como a Endeavor e universidades.

Trabalho exclusivamente nessas áreas há mais de uma década e posso perceber que algo de positivo está acontecendo. Há uma mudança positiva em curso, mesma que gradual.

Quando fiz minha graduação em engenharia na década de 90 nada se falava em inovação ou empreender. Toda preparação era para desenvolver nossa empregabilidade, fazer concurso público ou seguir a carreira acadêmica. Montar um negócio usando o conhecimento que aprendíamos não era incentivado ou apontado como um caminho coerente. Procure um bom estágio com chances de efetivação, esse era o lema para vencer e progredir na carreira.

Acredito que o ecossistema para o modelo atual de startups (chamado de technology driven entrepreneurship) fosse realmente mais complicado na época mas se pelo menos o ato de empreender, independente da natureza tecnológica ou não, fosse estimulado estaríamos em um outro patamar do ponto de vista de desenvolvimento do país.

Mas como diz o ditado, não adianta chorar o leite derramado. Vejo que hoje muita coisa mudou para melhor nesse sentido. Se você apostar a sorte em uma startup provavelmente não será visto como um ET entre seus amigos. Pelo contrário, eles irão te admirar e respeitar. Nunca se sabe onde e quando surgirá a próxima startup que irá deixar alguns jovens milionários.

Já temos inúmeros exemplos de empresas e empreendedores de sucesso. Todos os dias surgem novas histórias. Na minha opinião isso é fundamental para cada vez mais pessoas busquem inovar e empreender. Meu último livro (O Time dos Sonhos da Inovação) trata exclusivamente de grandes empreendedores e suas trajetórias e lições.

Seguindo essa mesma linha, recentemente fui convidado para participar de um Startup Weekend como mentor. Já havia lido e conversado com muitas pessoas que tinham participado em alguma edição mas nada como vivenciar a energia de mais de 120 pessoas ao longo de um final de semana buscando sentir o gosto de partir do zero rumo à glória. Novamente não faltaram histórias de sucesso para estimular o imaginário dos participantes: o Easy Taxi nasceu em uma edição do Startup Weekend.” Essa frase ouvi várias vezes durante o evento.

Antes do evento imaginei que veria basicamente jovens afim de um pouco de diversão no final de semana. Algo tipo as gincanas que as escolar organizam para mobilizar os estudantes do ensino fundamental. Chegando lá me surpreendi com a diversidade do público (claro que havia muitos jovens ainda estudantes mas muitas pessoas já na casa dos 30, 40 e até mais) e como o desafio foi levado à sério. Houve muita diversão mas sempre com muita responsabilidade de seguir as etapas do processo.

Todas essas coisas me fazem seguir acreditando no poder da inovação e do empreendedorismo em mudar a vida das pessoas e da sociedade. Estamos com uma mudança cultural em curso nas universidades e no meio empresarial. Nunca se falou tanto disso no Brasil. Espero que possamos colher mais e melhores resultados em breve!

 

Felipe Ost Scherer

Publicado originalmente em Inovação na Prática – Exame